Sobre o FCP

“…Não é uma máquina de jogar futebol: as máquinas funcionam sempre da mesma maneira, muito certinhas. Não é uma orquestra clássica: as orquestras clássicas também tocam sempre da mesma maneira, muito certinhas. o FC Porto é uma dixielandia, torrencial, cheia de improvisos, deliciosamente imperfeita, tocando ao vivo, levantando a multidão em cortejo como se estivessem […]