Ecologista avant la lettre

ELENA ANDRÉEVNA (para Ástrov) – O senhor ainda é jovem,, parece ter… bem, trinta e seis, trinta e sete anos… e talvez não seja tão interessante como está a dizer. Floresta, floresta. Parece monótono. SÓNIA – Não, é muitíssimo interessante. Mikhail Lvóvitch todos os anos planta florestas novas, e até já lhe mandaram uma medalha […]

Fédon (ou acerca da alma)

pag.45 (…) Não lhes ligues – repetiu Sócrates -. Desejo expor-vos, meus juízes, as razões pelas quais resulta ser legítimo para mim, que um homem que de verdade dedicou a sua vida à filosofia, na proximidade da hora da morte, esteja com uma forte esperança de que, uma vez morto, venha obter uma suma felicidade […]