Pensamentos Paralelos

Algumas ideias que surgiram durante o debate sobre as eleições americanas.

A propósito da Sarah Pallin fiquei curioso com uma comparação entre o alasca e portugal: nº habitantes; nº eleitores; riqueza; literacia.

A propósito do aparente falhanço de wall street e de uma conversa que ouvi anteriormente sobre o modo de encarar as derrotas nos E.U.A onde se dizia que na costa oeste a cultura do tentar / falhar / voltar-a-tentar e na costa leste não havia tanto essa cultura.

A propósito da observação tradicional de que Portugal é um país homogéneo fiquei curioso em saber qual a percentagem de habitantes de outras culturas, religiões, regiões ao longo da nossa história… será que a presença árabes, judia, escravos negros, ou outros é realmente insignificante no sentido de quebrar essa homogeneidade.

português => falso anarquista. o estado está sempre a meter-se onde não é chamado mas se alguma coisa corre mal aqui del rei que o estado não faz nada

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *