Mais reabilitação low-cost

Parece que andamos todos a pensar no mesmo e ainda bem. Agora só é preciso fazer acontecer 🙂

Projecto Casas Low Cost quer recuperar a Baixa do Porto “a preços realistas
Trabalhar com marcas portuguesas e sensibilizar investidores e proprietários para recuperar habitações “a preços realistas” são algumas das marcas do projecto Casas Low Cost, lançado pela equipa do Plano B para dar um novo impulso à reabilitação da Baixa do Porto.

Prédios devolutos low cost a quem os reabilitar
“O projeto de Sydney Fernandes, 21 anos, programador e webdesigner, pretende matar dois coelhos de uma só vez – acabar com as casas devolutas ou em mau estado e impulsionar o mercado de arrendamento.”

Reabilitar as cidades não custa nada
“O objectivo deste projecto (…) é criar uma organização sem fins lucrativos para reabilitar as cidades, sem custos para senhorios e proprietários. Isto é possível graças a estudantes de Engenharia e de Arquitectura, não só de Portugal, mas de toda a Europa, que poderão voluntariar-se para “conceber e realizar os projectos usando materiais de construção doados” por empresas fornecedoras, a troco de isenções fiscais.
“Os projectos de requalificação poderiam, assim, ser “casos de estudo em cursos específicos de reabilitação de edifícios”, o que levaria a um melhor acompanhamento técnico por parte dos professores e alunos especialistas.”

De notar que, tal como foi falado na ultiam edição do cidades pela retoma onde falamos deste tema, para além dos alunos este tipo de projecto pode servir também como forma de atribuir novas competências a profissionais da área da construção que estão mais habituados à construção tradicional (dos ultimos 20/30 anos) com betão e placas e coisas assim.

por Vitor Silva



Leave a Reply