Conversa com António Alves – guião

O próximo podcast será com António Alves, uma pessoa que tem demonstrado o seu conhecimento sobre o sector ferroviário de forma bastante expressiva em variados artigos nos blogs Baixa do Porto, Norteamos e Maquinistas.

A minha ideia é, genericamente, rever um pouco as suas opiniões, bem como alguns posts relacionados com este tema que encontrei nestes e outros blogs, tentando limitar-me ao “mundo” ferroviário (e metro) do Norte, considerando Norte a região de Viana do Castelo a Aveiro, do Porto até Bragança.


1. conceitos
conceitos alta velocidade / tgv – http://www.porto.taf.net/dp/node/723
conceitos bitolas e sua importância
que outros conceitos importantes devemos conhecer?
“será em bitola ibérica e uma linha equipada com cantonamento automático com bloco orientável e comando centralizado de tráfego suporta facilmente 20 movimentos por hora em cada sentido sem qualquer problema de segurança nem congestionamentos”
http://norteamos.blogspot.com/2007/12/redundncias.html?showComment=1197484740000#c4750711685094807077
Linha bi-bitola?
http://norteamos.blogspot.com/2008/10/linha-bi-bitola.html

2. relação com Espanha
perceber de que forma os investimentos que Espanha tem feito influenciam ou devem influenciar os nossos investimentos
Plano Estratégico de Infra-estruturas Espanhol
visão tgv espanhola – http://norteamos.blogspot.com/2008/06/gato-por-lebre-ii.html

3. caracterização do sector
acho que era interessante ter uma panorâmica mais concreta do que é este sector. se toda a gente for como eu, provavelmente acha que os comboios são praticamente só para passageiros e são acima de tudo um buraco financeiro. acho que era importante perceber aquilo que me parece que são 2 negócios bastante diferentes o sub-urbano vs longo-curso e a questão passageiros vs mercadorias. que valores movimenta cada um destes negócios e como compara com os concorrentes (principalmente rodoviário). não precisa de ser nada exaustivo mas só para todos termos o mesmo quadro mental quando falamos genericamente de comboios.

4. gosto muito da sua perspectiva de reaproveitar infraestruturas já existentes. acho que qualquer pessoa sensata percebe que deve pelo menos ser uma opção a considerar. assim gostava de rever aquilo que já existe e/ou que está a ser subaproveitado… daquilo que li para preparar a conversa contigo já percebi que existe o ramal da alfândega e de leixões. quais são as características, porque te parece que não foram utilizados? que outras linhas existem subaproveitadas?

5. metro do porto
ligação à trofa em metro, faz sentido? não é repetição da ligação à póvoa?
utilização de infraestruturas existentes
http://www.porto.taf.net/dp/node/4519
“A Linha de Leixões e a proposta governamental de expansão da Rede de Metro”
http://norteamos.blogspot.com/2007/12/redundncias.html
=> A circular externa já existe: é a Linha de leixões!
Meia decisão correcta
http://norteamos.blogspot.com/2008/09/meia-deciso-correcta.html
http://www.porto.taf.net/dp/node/711
De: António Alves – “Linha de Leixões: O anel estruturante para a Rede de Metro do Porto”

6.ligação aeroporto
http://norteamos.blogspot.com/2008/01/integrao-do-asc-na-futura-linha-de.html
http://norteamos.blogspot.com/2008/01/integrao-do-asc-na-futura-linha-porto.html
A integração do ASC na futura Linha de Velocidade Elevada (LVE) Porto-Galiza através da Linha de Leixões
http://www.maquinistas.org/alves/asc_via_leixoes.pdf

7. ligação porto-braga-vigo
como desde outubro que sou utilizador quase diário da ligação porto-braga tinha uma curiosidade pessoal em perceber porque razão a ligação é tão demorada…
gostava também de saber o que pensa da proposta porto-braga 40 minutos – http://bragaporto40minutos.blogspot.com/
continuando agora para norte para vigo acho que fazia sentido rever o que está proposto a nível do que vai ser realmente o serviço… eu pelo menos sei que quando me falam em tgv a imagem a que associo logo é ao tgv francês… mas não me parece que seja isso que está proposto pois não?
eventualmente falar daquela proposta que o José Silva fez do “transminho”
Traçado litoral Porto-Minho-Vigo
http://norteamos.blogspot.com/2007/06/traado-litoral-porto-minho-vigo.html
http://norteamos.blogspot.com/2008/01/porto-minho-vigo-com-muita-cidadania.html

8. linha do douro
potencialidades. perceber entraves à sua modernização
perceber proposta => direccionada mercadorias?
utilizadores potenciais? leixoes? salamanca?

9. acessibilidade sul douro
tenho ouvido várias vezes referir que a sul do douro os estrangulamentos são muito grandes. é assim?
como os resolver com as infraestruturas actuais? acoplamento de pendulares? soluções tipo fertagus (2 andares) ou só mesmo com novas infraestruturas?
nova travessia ferroviária douro?

Outros links consultados

Em defesa duma ligação… “… ferroviária moderna entre o Porto e a Galiza”
http://norteamos.blogspot.com/2007/09/em-defesa-duma-ligao.html

Estratégia de desenvolvimento dos transportes no Norte de Portugal
http://norteamos.blogspot.com/2007/05/estratgia-de-desenvolvimento-dos.html => josé silva
http://www.maquinistas.org/

http://norteamos.blogspot.com/search?q=Reabrir+ao+Tr%C3%A1fego+Ferrovi%C3%A1rio+o+Douro+Internacional

por Vitor Silva



Leave a Reply