triploexpresso

Arquivo de um comentário que deixei no site do triploexpresso a propósitos de algumas coisas que lá foram ditas. Independentemente disso este é um podcast que vou acompanhando… o facto de não ter uma frequencia muito exigente (+/-1 vez por mes) também ajuda.


confesso que por vezes também não tenho paxorra para ouvir falar tanto de macs e como é tão bom e o windows… bem o windows… como é que alguém ainda o usa, mas deve ser natural como sempre fui utilizador microsoft (dos…win3.1…nt..2000…xp…vista) se calhar já interiorizei algumas dores que ele possa causar.

de qualquer forma também tenho o meu ipod nano e poderia começar aqui um livro só com adjectivos positivos sobre o objecto propriamente dito… já o itunes que só uso para copiar as musicas para o ipod deve ser o programa com mais quebras das guidelines de usabilidade para windows (tmabém as há, é verdade!) os menus não têm as opções que deveria ter, o menu de contexto não é particularmente contextual as teclas também não são bem as mesmas e tal mas consigo viver com isso… um bocado como o windows. ah e sempre que uso o powerbook pro da minha cara metade quase que desfaço o touchpad com o dedo a tentar usar a função clique que sempre conheci em pc (um simples toque com o dedo no touchpad é igual a um clique)… enfim particularidades.

anyway só queria dizer 2 coisas em relação a observações que fizeram nos programa
– a dada altura nete programa a maria joao diz que os antivirus sao carissimos (não tenho a certeza se foi este o grau usado). não me parece que seja uma afirmação muito precisa já que há variados antivirus gratis ou em alternativa outros com preços que, assim de cor, diria que andam à volta dos 40€… nao me parece muito, mas claro é uma opinião.
– num programa anterior quando falaram nos anuncios da microsoft e das estratégias de comunicação da apple e microsoft a dada altura o phil diz algo como a microsoft não tem estratégia de marketing. mais uma vez estou a citar de cor… podem nao ter sido bem estas palavras, e claro que aquilo que uma pessoa diz a conversar é diferente do que diria se estivesse a escrever já que aí as palavras ganham outra força. nao consigo imaginar como é que (quer se queira quer não) uma empresa que venda tanto software, tenha uma quota de mercado tao elevado, e consiga sustentar uma estrutura empresarial tão grande durante tanto tempo sem essa suposta estratégia. que a imagem da msft não é tão cool como a da apple acho que ninguem tem duvidas. que provavelmente os videos que fizeram não valiam nada também aceito. mas se calhar estamos a confundir estrategia de marketing com acção de marketing / promoção. outras acções de marketing que a msft tem por exemplo, enviar carradas de cds com powerpoints para os comerciais usarem na apresentação dos seus (da msft) produtos, imensa documentação com comparativos das diferentes versões dos produtos, máquinas virtuais preparadas para usar na avaliação desses produtos, comunidades de desenvolvimento fomentadas pela propria msft, etc, etc.

anyway, já vi que já está disponivel um novo episódio… tenho que ver se o itunes já o descarregou… oh que giro até já está no ipod 😀

por Vitor Silva



Leave a Reply