horário comércio

parece que há coisas que nunca mudam e esta história dos horários do comércio é uma delas.
por um lado ouvimos frequentemente os representantes do comércio tradicional dizer que estão a ficar sem clientes, por outro exigem que todo o comércio esteja fechado ao domingo.
será que ainda não perceberam que eu, que trabalho todos os dias entre as 9 e as 19, não tenho tempo para passar pelas suas lojas durante a semana (porque estão fechadas à noite) e que preferia dividir essas visitas pelo sábado e domingo em vez de ter que apanhar com todas as outras pessoas que ao sábado de manhã andam à s compras?
porque não fechar um dia a meio da semana? ou então alterar o horário semanal de forma a estarem abertos quando os consumidores estão disponiveis e não quando os consumidores estão a trabalhar?
tentar definir o horario do comercio a partir da definição normal do horario de trabalho tipico de um funcionario (8h-19h) ? no minimo falta de visão.
no entanto não se pense que é só cá em portugal que há esta visão de que o consumidor o que quer é ir passear para o parque ao domingo
pelo que vi no site da ccp (Horário do Comércio na Europa) no resto da europa também há exemplos destes.
como consumidor o meu mix favorito seria
seg-sex – um qualquer horario de abertura e fecho às 20h estando aberto à hora do almoço
sab-dom – sempre aberto
e acho que a formação das regras para o horário do comércio deviam começar deste pressuposto, o que o consumidor quer. porque somos nós que garantimos a existência desse comércio e porque somos mais do que os trabalhadores e investidores no comércio.
tendo isto como base, depois partiriamos enãoo para a conjugação destes horários com regras justas quer para os funcionários quer para os investidores.

por Vitor Silva



Leave a Reply