maus habitos

sta. catarina, passos manuel, arrumadores, lugar à porta.
conversa sobre sitios fashion, como está na moda um estilo neo-nostalgico de que o guernica para mim é o último exemplo, não que eu gostasse da forma anterior, muito “tribal??” para mim, mas sem dúvida/talvez genuina, e que agora se tornou em mais um sitio com mobiliario pseudo-antigo eventualmente de “design” que custou uma pipa de massa ou então comprado numa loja em segunda mão.
garagem passos manuel (já reparam no mapa de portugal que está num dos vidros?), porta de ferro, escadas em caracol… muitas, campainha
curioso como vendo a cidade de cima e olhando para as suas traseiras, ela perde aquele ar modernaço das ruas em alcatrão lisinho e passeios largos. aqui continua a visão das águas furtadas, um ou outro edificio com pintura nova mas no essencial envelhecido. se calhar é essa ambiência que dá alguma credibilidade ao maus hábitos, o chão em taco castanho gasto é genuino, as cadeiras gastas também podem já ter vivido noutros cafés da cidade que entretanto fecharam (a propósito será que está algum café aberto no porto ao domingo de manhã?) o aquecedor a gás da moda… bem se calhar está a mais, mas quando se gosta de um coisa desculpamos algumas excentricidades 🙂
musica calma, volume aceitavel, bolo (caseiro?), café (manhoso?), maus hábitos só se for no turno da noite pq durante a tarde a visita a este espaço é um hábito extremamente saudável.

por Vitor Silva



Comments are closed.